Iniciar sessão
Email Senha
Artigos / Finanças

02.09.2014

Finanças

Joaquim Miranda Sarmento

A Introdução de uma Taxa sobre Operações Financeiras em Itália

Este artigo procura analisar a recente introdução em Itália de um imposto sobre as operações financeiras. Desta forma, elenca-se as principais características que este imposto apresenta, ao nível de incidência, isenções, taxas e obrigações declarativas e de pagamento.

31.12.2013

Finanças

José Manuel Mendinhos

O IAP, os atuários e o interesse público

O atuário é um técnico altamente qualificado cuja formação é matemática e financeira. Os atuários gostam de resolver problemas, são naturalmente pensadores estratégicos e têm um conhecimento profundo dos riscos e do sistema financeiro. O seu trabalho pode ser muito complexo. Na sua forma mais simples, envolve a aplicação de probabilidades e da variação temporal do valor do dinheiro através de modelos criados para representar a realidade e ajudar a analisar uma determinada situação. Usam técnicas estatísticas e criam modelos para avaliar a probabilidade e severidade de acontecimentos e o seu impacto financeiro.

30.09.2013

Finanças

Carlos Pires da Silva | Sandra Correia

O Crowdfunding e o Financiamento das Startups

O crowdfunding, em particular nos seus segmentos equity (capital próprio) e lending (empréstimos), orientados para o financiamento coletivo de startups empresariais, através da internet e de plataformas digitais, é hoje uma indústria emergente, já em forte expansão em vários países, apesar das limitações decorrentes da ausência, na generalidade dos casos, de um quadro legal próprio.

30.09.2013

Finanças

Joaquim Miranda Sarmento

Um Overview sobre Project Finance

A crescente necessidade de utilizar o sector privado na construção/recuperação de infraestruturas públicas, assim como o crescente investimento privado em megaprojectos, tem conduzido a uma intensificação da utilização do Project Finance. Contudo, a literatura sobre este tema é escassa, sendo que em Portugal podemos mesmo afirmar ser quase inexistente. Esta forma de financiar projectos tem características específicas, que a tornam diferente do tradicional Corporate Finance. A utilização de uma sociedade veículo para cada projecto, o elevado nível de alavancagem, mesmo com a dívida a ser garantida apenas pelos cash-flows do projecto e a forma como as entidades bancárias financiam os projectos são objecto de análise neste artigo. Adicionalmente, abordamos o estudo académico e as diferenças do Project Finance quando comparado com o Corporate Finance.

Pesquisa Rápida
Autores

Diego Passoni

Doutor em Administração pela Universidad de Extremadura, Pós-doutoramento na Universidade do Minho. Empreendedor. Docente, Pesquisador e Coordenador do Núcleo de Empreendedorismo e Inovação da FUCAP.

Newsletters