Iniciar sessão
Email Senha
Artigos / Toda a matéria

16.11.2016

Contabilidade | Analítica

Ana Bela Teixeira

A contabilidade de gestão no SNC-AP - Uma proposta de implementação

A gestão eficiente, eficaz e com qualidade preconizada no Sistema de Normalização Contabilística para as Administrações Públicas, passa obrigatoriamente pela informação obtida no sistema de contabilidade de gestão e não é a sua obrigatoriedade, mas a possibilidade de apoiar a gestão e tomar medidas corretivas, nos processos ou nas diferentes fases de formação dos custos, que impõe a sua implementação adequadamente.

10.11.2016

Contabilidade | Analítica

Rui Vieira

Sistemas de custeio - Imputação racional dos custos industriais

A imputação dos custos fixos industriais aos produtos produzidos é uma prática que, para efeitos de tomada de decisão, pode não ser recomendada. Por um lado, pela sua natureza fixa, o valor unitário depende diretamente da quantidade produzida. Por outro lado, há que considerar as dificuldades em identificar critérios de imputação adequados para repartir os custos fixos industriais pelos produtos, sendo que estes custos são normalmente indiretos (comuns e sem uma relação direta com os produtos ou serviços). O argumento é que, para efeitos de tomada de decisão, a imputação arbitrária dos custos fixos confunde mais do que auxilia. A margem de contribuição que traduz a diferença entre os proveitos (vendas e prestações de serviços) e os custos variáveis, tem a vantagem de tornar visível a contribuição de cada produto para, em primeiro lugar, cobrir os custos fixos e, posteriormente, formar o lucro.

29.09.2016

Contabilidade | Financeira

Ana Maria Gomes Rodrigues | Maria de Lurdes Ribeiro da Silva | María del Pilar Muñoz Dueñas

A divulgação sobre os ativos intangíveis pelos grupos bancários em Portugal: uma abordagem empírica

O principal objetivo do presente estudo é analisar a extensão e a evolução da divulgação sobre intangíveis pelos grupos bancários a operar em Portugal no período 2001-2009, que representa um período de quatro anos anterior à adoção da IAS 38 do IASB e um período de quatro anos após a adoção desse normativo.

21.09.2016

Contabilidade | Financeira

Carlos Pera Nunes | Cristina Gonçalves | Joaquim Sant´Ana Fernandes

A perceção dos contabilistas certificados das unidades hospitalares na adoção do SNC-AP

Pelo Decreto-Lei n.º 192/2015, de 11 de setembro, foi aprovado o Sistema de Normalização Contabilística - Administração Pública (SNC-AP) aplicável a todos os serviços e organismos da administração central, regional e local que não tenham natureza, forma e designação de empresa pública, ao subsetor da segurança social e às entidades públicas reclassificadas, tais como as Unidades Hospitalares.

13.09.2016

Auditoria

Isa António

Das parcerias público-privadas no sector da saúde: o controlo externo do tribunal de contas

Este estudo pretende debruçar-se sobre a vertente económico-financeira das parcerias público-privadas no sector da saúde.
Num primeiro momento, definimos e caracterizamos a figura jurídica da «PPP», mencionando as suas origens e os desideratos para os quais foi pensada e criada.

Pesquisa Rápida
Autores

Maria do Rosário dos Santos

Doutoranda em Políticas Públicas no ISCTE-IUL, licenciada em Organização e Gestão de Empresas e mestre em Ciências do Trabalho e Relações Laborais, Contabilista Certificada e Investigadora em Políticas Públicas na Universidade NOVA IMS, no Projeto Exploratório da FCT IF/00827/2013/CP1169/CT0001 Governance Models and the Delivery of Public Services: Political Influence and Corporate Performance.

Newsletters