Iniciar sessão
Email Senha
Artigos / Toda a matéria

13.09.2016

Auditoria

Isa António

Das parcerias público-privadas no sector da saúde: o controlo externo do tribunal de contas

Este estudo pretende debruçar-se sobre a vertente económico-financeira das parcerias público-privadas no sector da saúde.
Num primeiro momento, definimos e caracterizamos a figura jurídica da «PPP», mencionando as suas origens e os desideratos para os quais foi pensada e criada.

07.09.2016

Finanças

Maria da Conceição da Costa Marques | Sofia Margarida Ferreira de Carvalho

Impacto da aplicação da lei dos compromissos e pagamentos em atraso no setor da saúde: um estudo de caso

O setor da saúde, compreendendo a Administração Central do Sistema de Saúde, IP (ACSS), as Administrações Regionais de Saúde, IP (ARS) e os Hospitais EPE, representa um peso significativo nas despesas do Estado, motivando, por isso, a adoção de medidas de contenção orçamental.

01.09.2016

Contabilidade | Financeira

Maria Teresa Venâncio Dores Alves

O profissional da contabilidade pública: o "contabilista público certificado"

A importância de um relato financeiro público ao nível global é, sem dúvida, atualmente reconhecida. Talvez, potenciada pela crise financeira internacional, sentida em Portugal desde 2008. Acontece que, atingir um relato harmonizado a esse nível, implica um esforço significativo da parte de normalizadores e reguladores no sentido de encontrar um normativo comum.

10.08.2016

Fiscalidade | Rendimento

Sérgio Nuno da Silva Ravara Almeida Cruz | Vanessa Borba Oliveira

As tributações autónomas em sede de IRC

As tributações autónomas (TA) têm sido, nos últimos anos, um dos temas mais discutidos pelo facto de frequentemente haver alterações nesta matéria, mas também pelo facto de tributar a despesa e não o rendimento das entidades.

02.08.2016

Fiscalidade | Outros

Ana Paula Morais Pinto da Cunha

Nos trilhos da responsabilidade tributária - o roteiro dos contabilistas certificados

O rumo do contabilista certificado, doravante designado neste artigo pelas siglas CC, bifurca entre as obrigações pessoais inerentes à sua atividade profissional e o dever de acautelar, numa relação funcional, o cumprimento das obrigações dos seus clientes.